Seguidores

04 agosto 2008

"O Leopardo" em versão completa



Está na grade da programação do Telecine Cult O leopardo (Il gattopardo, 1963), de Luchino Visconti, e, desta vez, o Cult está de parabéns por ter preservado a integridade do formato em cinemascope. O filme é magnífico, nunca me canso em revê-lo. Reparei que alguns coadjuvantes, que depois se tornariam atores famosos, já trabalham em Il gatoppardo, a exemplo de Pierre Clementi, como Francesco Paolo, um jovem ainda imberbe, louro, que depois apareceria em Belle de jour, de Luis Buñuel, como o rapaz esquisito e temperamental que Catherine Deneuve se apaixona numa relação sado-masoquista. Clementi, no crepúsculo dos anos 60, era um ator cult, chegando até a participar do elenco de Cabeças cortadas, de Glauber Rocha. Outro ator que aparece em Il gattopardo é Giuliano Gemma, como o General Garibaldi, que mais tarde viria a se destacar nos westerns-spaghettis com o pseudônimo de Montgomery Wood. Ainda: Mario Girotti, o Terence Hill dos vários Trinitys.
Na imagem, Burt Lancaster recebe um beijo da belíssima Claudia Cardinale.

3 comentários:

Romero Azevêdo disse...

Bravo !

Romero Azevêdo disse...

Na verdade esse comentário era para o post acima. Acho que cruzou a linha.

Jonga Olivieri disse...

A obra de Visconti é impecável e magistral. E "O Leopardo" é, sem dúvida nenhuma, uma de suas máximas expressões.