Seguidores

17 janeiro 2009

"Vamp" do cinema mudo, surpreendentemente, vence a enquete



Quando a enquete começou a bela Monica Vitti, atriz preferida de Michelangelo Antonioni, ganhava disparado a enquete, mas, no meio dela, surpreendentemente, a vamp italiana do cinema mudo, Francesca Bertini, tomou-lhe a dianteira, e, na contagem final, ficou como a vencedora. De 162 votantes (o maior número desde que se começou a fazer enquetes), 34 pessoas votaram em Bertini (20%). A conclusão da enquete é realmente surpreendente, porque, inclusive, dá a impressão de que alguns leitores votaram nela por votar sem saber realmente de quem se trata, a fazer com que se desconfie das pesquisas feitas em internet. Por exemplo, uma pessoa só pode votar uma vez de seu computador, mas se você vai a diversos num café-internet, em cada um, um novo voto. Bertini é do século retrasado (nasceu em 1892 e veio a morrer em 1985), trabalhou como atriz em exatos 143 filmes, sendo que o derradeiro Novecento, de Bernardo Bertolucci. Para maiores informações sobre esta deusa mitológica, consulte: http://www.imdb.com/name/nm0078116/. Quanto a Monica Vitti, uma deusa do cinema, atriz de excepcionais dotes seja para papéis cômicos, seja para papéis introspectivos. Quase tira o primeiro lugar, pois foi votada por 31 pessoas, a alcançar 19%. Em terceiro lugar, Claudia Cardinale, belíssima atriz, que fascinou toda uma geração (Il gattopardo, de Luchino Visconti, Oito e meio, de Federico Fellini, Era uma vez no Oeste, de Sérgio Leone, O belo Antonio, de Mauro Bolognini...). 24 votos (14%). Sophia Loren e Gina Lollobrigida empataram. Ambas com 21 votos (12%). Outra que surpreendeu foi Virni Lisi, que ficou com 13 votos (8%). E surpreendentes também o desprezo para atrizes excepcionais que fizeram história no cinema: Giulietta Massina (a adorável Cabíria, Chaplin de saias no dizer de André Bazin), minguados 7 votos (4%). E Anna Magnani, que impactou o mundo nos anos 50? 1 voto, um simples e solitário voto. Silvana Mangano, também atriz soberana, quase não foi considerada, ela uma intérprete tão poderosa que provocou êxtase pela sua beleza em Arroz amargo, e, mais madura, nos filmes de Visconti e Pasolini, entre outros cineastas.

Bem, o resultado é este.

9 comentários:

Cassiano Mendes disse...

Parece que os votantes, caríssimo Setaro, votaram na beleza das atrizes. A enquete foi mais para ressaltar esta questão, embora não tenha sido esta a sua intenção. Como esquecer, por exemplo, Anna Magnani, atriz que depois de 'Roma, cidade aberta', se destacou como uma intérprete original, alcançando, incluisive, o fechado cinema americano. Em 'Roma', de Fellini, este vai atrás dela, já em seus últimos anos de vida, e Magnani fecha a porta na cara do realizador de 'La dolce vita'. Giulietta Massina também foi uma atriz muito talentosa, com uma originalidade surpreendente. Será que os leitores de seu blog apenas conhecem as pseudo-deusas da, como você detesta o termo vou aplicá-lo, da contemporaneidade. Francesca Bertini, realmente, está incompreensível no topo. Alguém quis brincar com sua enquete e votou várias vezes de vários computadores.

Sergio Andrade disse...

Surpreendente mesmo a Bertini vencer a enquete. Afinal, quantas pessoas hoje em dia viram seus filmes? Dá pra começar a desconfiar dessas pesquisas de internet mesmo, meu caro Setaro. Infelizmente essa molecada que vive grudada na internet não respeita mais nada :(

André Setaro disse...

Caros Sérgio e Cassiano,

Concordo com vocês. Monica Vitti estava ganhando em disparada e, de repente, Francesca Bertini apareceu com mais de três dezenas de votos. Quem conhece Francesca Bertini, afinal de contas? É uma molecada que gosta de esculhambar na internet. A rigor, penso que quem venceu mesmo foi Monica Vitti. Também não posso crer que Anna Magnani e Giulietta Massini tenham tido tão poucos votos.

Jonga Olivieri disse...

Olha, cara, ou os seus leitores têm uma faixa etária além dos 80, ou realmente --como falaste-- foi uma brincadeira de mau gosto de algum 'birbone'.
Porque a diva vencedora (muito bonita por sinal) é desconhecida pelo espaço de tempo que nos separa dela. Eu confesso que nunca assisti nenhum filme dela, e no "1900", nem me lembro que papel ela encenou...
Quanto à Gina, eu não gosto, mas também não 'sinto náuseas' (isso é coisa de boiola!). Até expliquei em comentário anterior que a acho uma 'bonequinha' sem a graça e o charme de outras italianas. Como a própria Monica Vitti.
E por falar em Monica Vitti, até prova em contrário também a considero a vencedora moral da contenda, muito embora não tenha votado nela.

Romero Azevêdo disse...

Vale lembrar que ela só foi votada porque estava na lista. A belíssima, e talentosa, Rossana Schiaffino, por exemplo, ficou de fora.

André Setaro disse...

Jonga,
Retirei o trecho em que diz você sentir náuseas pela Lollô. Sei que você gostaria de tê-la em sua alcova, ainda que a considerasse um tanto 'enjoada', maneira de dizer.

Jonga Olivieri disse...

Ô André, não era necessário retirar o trecho do seu texto. Afinal eu até fiz um comentário sobre ele.

André Setaro disse...

Retirei-o, Jonga, porque acho que não fui feliz na expressão. Acontece. Os posts no blog, salvo algumas exceções, quando publico textos meus arquivados no computador e muitas vezes publicados em jornais e revistas, são feitos ao sabor do momento e se cai em expressões descabidas. É verdade que há o recurso de editar novamente. Foi o que fiz e retirei o que disse sobre você e suas náuseas lollobrigidianas, que não são verdadeiras. E concordo com você: ela tem uma beleza 'enjoada', não tem o poder de atração de uma Sophia Loren, por exemplo, nem o seu talento. Mas quanto a sentir náusea...

Anônimo disse...

Bite Fight, um jogo de luta entre vampiros e lobos: http://s3.br.bitefight.org/c.php?uid=82371