Seguidores

12 março 2006

Europa mata a Menina de Ouro

A distribuidora de DVDs Europa matou, praticamente, a oportunidade de contemplação de Menina de ouro (Million dollar baby), de Clint Eastwood, com o lançamento de cópias standard de um filme originariamente concebido em cinemascope. Menina de ouro não deve ser visto em DVD assim como está, porque o que a Europa fez se caracteriza como um atentado criminoso à integridade da obra cinematográfica. Adaptou-se ao gosto médio do público, infelizmente, que se interessa apenas pelo enredo do filme, preferindo-o, inclusive, segundo pesquisas das próprias distribuidoras, dublado em português. Sempre evitei ver filmes dublados, pois considero a dublagem uma intromissão indevida que descaracteriza o filme. Em primeiro lugar, a inflexão vocal tem muita importância na interpretação dos atores e, em alguns casos, faz mesmo parte da própria mise-en-scène. E, quando dublado, há um descontrole na mixagem da obra cinematográfica, ficando as bandas dos ruídos e da partituras diminuídas em função dos diálogos em português. A Europa, que nunca teve assim muita credibilidade, perdeu-a por completo com o lançamento no abominável full screen (tela cheia) de Menina de ouro, quando o certo seria o letter box, a preservar o cinemascope original.

10 comentários:

Eusébio Queiroz disse...

Setaro,

Ia, hoje, alugar, para rever, o DVD de Menina de Ouro, mas lendo sua nota desisti.

Minêu disse...

Vamos fazer um abaixo assinado!
A dublagem realmente é o mal da Tv aberta, mas nada me irrita mais do que assistir um filme com 40 % a menos de imagem que o original. è uma violação. O standart (full screem) é coisa de louco, psicopata. Quem iventou também de ve ter 40% a menos (de cérebro).

Anônimo disse...

É um crime o que a europa faz com os filmes, assisti menina de ouro dvd americano 2.35:1 e o da europa é 1.33:1 cortaram metade do filme.
Na TV ainda vai,mas lançar em DVD fullscreen é um crime.

Fabio Negro disse...

FEDERICO FELLINI era 100% favorável às dublagens.

Porquê ele dizia que intromissão indevida eram as legendas, que isso roubava o "tempo visual" da cena.

Ficando no meio termo, sou a favor dos poliglotas.

Anônimo disse...

Descontrole na mixagem? Você já esteve em um estúdio? Não? Mais um que fala sem propriedade...

Anônimo disse...

Gente que não entende nada de dublagem e quer ficar falando... parece aqueles bebuns que acham que são técnicos profissionais de futebol

Anônimo disse...

O CINEMA SÓ TEM FILME LEGENDADO... os DVD's estão saindo quase todos sem dublagem... aí um babaca quer vir e tirar´a única chance que os fãs de dublagem têm de assistir um filme como gostam? PRO INFERNO, MALDITO!!

Anônimo disse...

"Um idiota em inglês, / se é idiota, é bem menos que nós / um idiota em inglês / é bem melhor do que eu e vocês!"

Anônimo disse...

Amei assistir A Menina da Ouro e acho esse comentario abesurdo :
Menina de ouro não deve ser visto em DVD assim como está, porque o que a Europa fez se caracteriza como um atentado criminoso à integridade da obra cinematográfica. Adaptou-se ao gosto médio do público, infelizmente, que se interessa apenas pelo enredo do filme, preferindo-o, inclusive, segundo pesquisas das próprias distribuidoras, dublado em português.
Todos nós sabemos que assistir filme LEGENDADO e HORRIVER né .
Por isso concordo em ter filme DUBLADO. ♪

Anônimo disse...

SE não gostaram do que eu disse
ali o de baixo meu msn é manda-beste12@hotmail.com Nome: Amanda

Add pra gente conversa