Seguidores

21 abril 2010

Um cerveja bem-vinda no Porto da Barra de Salvador

A repórter fotográfica Margarida Neyde, do jornal soteropolitano A Tarde, é uma artista. Possui sentido da dimensão do espaço a que está a fotografar e tem uma capacidade incomum de situar a luz nos objetos. Pode parecer um gesto narcisístico a publicação, neste meu blog, da foto que encima o post de hoje, feriado, dia de Tiradentes (sim, falar nisso, preciso ir ao dentista arrancar um dente). Mas não o é. Publico para que se veja a qualidade de uma fotografia e que se veja, também, o Porto da Barra em Salvador, cuja praia é considerada uma das mais aprazíveis do mundo. Os objetos, as luzes, o espaço e a vista é que determinam o interesse pela foto. O ser humano é apenas um acessório, uma presença secundária, ainda que este ser humano seja eu, o bloquista, que, cansado de guerra, sentou-se no bar que se vê na foto para tomar a sua cervejinha e fumar seu cigarrinho. O bar é civilizado, porque permite a fumaça do cigarro, apesar da lei fascista existente contra o fumo. Tomei outras garrafinhas, não apenas uma, como se pode deduzir da foto em questão. Depois fui para a Praia dos Livros, livraria/bar, onde Raul Moreira, jornalista, cineasta e chef-de-cuisine, prepara toda sexta um já clássico e antológico spaghetti al pomodoro (tomate orgânico acompanhando do imbatível fomaggio grana padano) e pesto freso (manjericão, nozes e fomaggio grana padano). O amigo e publicitário Jonga Olivieri publicou a foto em seu blog: http://novaspensatas.blogspot.com
Clique na imagem para vê-la ampla, maior, melhor.

6 comentários:

A.C. disse...

Sem internet por esses dias e continuando a digitar de um trôpego notebook com falhas em sua configuração,devo dizer que o texto do jornalista Claudio sobre sua carreira e pessoa,são nota 1O,comovente mesmo.Com muita sugestão,pude entrever um forte teor do Tempo.
Certamente que nas livrarias ainda mais trôpegas dessa região em que tagarelo,nada consta da presença de seus livros.Se puder me informar sobre um melhor acesso para quem resida em Minas...
Espero que se encontre algo sobre Minnelli,para esconjurar a subestimação de quem teria perpretado musicais,melodramas e humor,ou como forma de confrontar um desprezo enraizado pela poesia...bem,piada talvez narcisista de um minnelliano para outro,embora o diretor mencionado tenha sido mesmo o poeta por excelência de Hollywood,seguido de Nicholas Ray.
Belo texto sobre Godard com precisa definição sobre o Viver a Vida,em que o diretor encontrou diversas maneiras de pintar sua musa,indo de uma aspereza de Rossellini a uma tonalidade de Frank Tashlin,talvez realizando sua obra de maior frontalidade e sobriedade...gosto muito de outros como Uma Mulher...,mas devo confessar que admirei o Elogio ao Amor.

Jonga Olivieri disse...

Alem da entrevista ser fantástica (*), como bem ressaltou A. C., esta foto é surpreendente.
Já estivemos a trocar ideias sobre isto, mas, com certeza o chão molhado ajudou muito em criar um clima...

(*) Ela é muito longa, mas quem sabe você poderia editá-la em capítulos... Vale a pena!

André Setaro disse...

Mas para publicá-la teria que converter o arquivo PDF em Microsoft Word, que não sei fazer. Você poderia?

Romero Azevêdo disse...

Setaro, o chão molhado, como bem anotou Jonga, me remete ao poderoso James Wong Howe em "Sweet Smell of Sucess"; o prateado lunar das cadeiras acrilíiricas ao lado evocam a "Alphaville" de Raoul Coutard; a Van que passa lá no fundo me levou ao "Mysterious Doctor Satan" vivido por Edouard Cianelli...Não tem jeito, onde Setaro está o cinema encontra uma forma de se plasmar.

André Setaro disse...

Seu comentário aí em cima, Romero, mostra, por a + b o quanto você entende de cinema.

Margarida disse...

André, não sou eu a artista, mas vc que deu o tom da foto. Fico imaginando se eu tivesse fotografado outra pessoa ali, certamente não teria aquele clima. Eu precisei de André Settaro ali, para mostrar toda boemia do nosso Porto da Barra. Ou será que precisei do Porto da Barra para mostrar toda boemia de André Settaro???
PS. meu Neide é com i mesmo... fica assim Margarida Neide
Bjs,