Seguidores

27 maio 2008

O Comodoro tem três eleitos empatados


A enquete sobre o melhor filme de Carlos Reichenbach, o Comodoro, deu empate triplo. Dos 12 votantes, os eleitos foram divididos por Filme Demência (3, 25%), que o próprio realizador disse em comentário postado aqui que é o seu melhor filme, Alma Corsária (3,25%), e Lilian M, Relatório Confidencial (3, 25%). Votei, devo confessar, neste, por considerar o filme que prenuncia fortemente o grande realizador que Reichenbach viria a ser, embora reconheça que a obra mais completa, que revela mais a poética reichenbachiana seja Filme Demência. Quanto a Falsa loura, que acaba de ser lançado, os minguados 8% de um solitário votante deve ser por causa de ainda não ter sido amplamente visto. Anjos do arrabalde recebeu 2 votos (16%), e se trata de um filme de grande sinceridade e beleza no trato dos personagens, professoras da periferia da cidade de São Paulo. Pena que Bens confiscados, uma obra de inegável segurança, tenha ficado no traçinho. A enquete, por outro lado, poderia ter sido mais ampla, a abarcar outros títulos do cineasta, a exemplo de As garotas do ABC e Dois córregos, entre outros. Mas se procurou a restrição das opções do que a amplitude filmográfica.


Na foto, Carlos Reichenbach ao lado da bela Rosanne Milholland (penso no filme de David Lynch Milholland drive), a sua falsa loura.
A enquete, deve ser ressaltado, é restrita a este blog e, portanto, não passou por um universo de admiradores do cineasta capaz de lhe aferir com maior rigor os seus trabalhos mais significativos.

3 comentários:

Jonga Olivieri disse...

Empate válido. "Carlão" tem uma trajetória importante que merece mais de um destaque.
Também não vi seu último filme. E também votei em "Lilian M" pelo seu significado no contexto da obra.

CARLOS REICHENBACH disse...

SETARO - O curioso é que os três filmes citados na enquete também são os meus preferidos (embora eu inclua na lista - dos que deram prazer de filmar e prazer de rever - a pornochanchada anarco-libertária IMPÉRIO DO DESEJO). Grande abraço.

Gabriel Carneiro disse...

Vi apenas 7 longas de Reichenbach. Meu preferido até o momento é Dois Córregos.