Seguidores

18 abril 2012

"Venha tomar um café conosco", de Alberto Lattuada

A comédia italiana teve seu auge nos anos 60, com precursores nos 50 (Os eternos desconhecidos/I soliti ignoti, de Monicelli, é uma obra-prima) e um desdobramento até meados dos 70. Naquela época, como havia no cinema italiano autores geniais como Luchino Visconti, Federico Fellini, Michelangelo Antonioni, Pier Paolo Pasolini, entre outros, alguns diretores, essenciais, ficaram em segundo plano, a exemplo de Dino Risi, Mario Monicelli, Florestano Vancini, Valerio Zurlini, Mauro Bolognini, e mais, muito mais. Alberto Lattuada, veterano do tempo do neorrealismo (O ferroviário) trabalhou por muitas décadas como diretor e, em 1970, nos presenciou com a excelente comédia Venha tomar um café conosco (Venga uma prendere il caffè da noi), com um impecável Ugo Tognazzi. Creio não haver disponibilidade de cópia em DVD distribuída no Brasil. Em todo caso...
Numa pequena cidade da Itália, um inspetor de rendas, Emerenziano Paronzinib (Ugo Tognazzi), decide quebrar seu celibato  após cortejar três irmãs solteironas, opta por Fortunata, mas, vivendo no casarão da família passa também a dividir suas noites com as manas Tarsilia e Camilla (feias e volutuosas).

4 comentários:

Gilberto Carlos disse...

Também gosto muito das comédias italianas, tipo Parente é serpente, O incrível exército de Brancaleone, os filmes de Nanni Moretti e Roberto Benigni, mas que você comenta ainda não assisti.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

saudades de lattuada...

O Falcão Maltês

Jonga Olivieri disse...

Grande filme! Pena que não haja disponível no Brasil!

Dimitri Ganzelevitch disse...

ANDRÉ.
VOCÊ ESQUECEU MENCIONAR VITTORIO DE SICA. "O JARDIM DOS FIZZI-CONTINI" QUE BELO FILME!...