Seguidores

13 julho 2011

Graça e talento no final de "Artistas e modelos"

Esquecido nestes tempos conturbados, Frank Tashlin foi um dos maiores comediantes do cinema americano de todos os tempos, e, além do mais, responsável pelos melhores filmes da dupla Dean Martin/Jerry Lewis e dos que este último trabalhou solo sob a sua direção (Bancando a ama-seca, O bagunceiro arrumadinho, Errado para cachorro, Cinderelo sem sapatos, Detetive Mixuruca...). Tashlin, quando Lewis teve ideia de dirigir filmes, e quando se tornou um dos maiores autores do cinema moderno, foi seu grande incentivador. Lewis o chama de mestre Tashlin. Sem o comediante, Tashlin dirigiu alguns filmes avant la lettre, a exemplo de Em busca de um homem (título idiota que tomou a maravilhosa comédia Will Success Spoil Rock Hunter?1957) e Sabes o que quero? (The Girl Can't Help It, 1956). Para uma quarta-feira, nada melhor do que o final de Artistas e modelos, que Frank Tashlin dirigiu em 1955, com Lewis, Martin, Shirley MacLaine, Dorothy Malone. Fina estampa. Representa também um estilo ingênuo e cheio de graça de um cinema que desapareceu com o vento da mediocridade.

3 comentários:

João de Deus "Netto" disse...

Olá Setaro, obrigado pela visita com direito à música e ao cinemão do blog Cinemascope.
E vamos seguir porque o cinemascope tem muito mais tela!
Abraço!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

ARTISTAS E MODELOS é divertido e gracioso. O Tashlin tinha o timing da comédia, na mesma linha do Richard Quine e do Blake Edwards.
Acabo de postar no meu blog um fato polêmico: a falada delação do mestre Kazan.
Apareça,

O Falcão Maltês

Rui Luís Lima disse...

Caro André Setaro
Obrigado pelas suas amáveis palavras.

PS - Em criança vi imensos filmes do Jerry Lewis que adorava, depois ele desapareceu dos nossos écrans. As reposições desapareceram no nosso país. Só na Cinemateca é possível acompanharmos a história do cinema, mas Jerry Lewis até ali se encontra bastante ausente, a última vez que fizeram um ciclo dedicado a ele foi à três décadas.
Jerry Lewis revelou-se sepre como um génio da comédia.
Abraço cinéfilo
Rui Luís Lima