Seguidores

28 dezembro 2008

Cascalho para se "comer água"

Desenho do grande artista Ângelo Roberto que retrata o cineasta baiano Tuna Espinheira no garimpo. Não encontrou nenhuma pedra preciosa, mas do fundo das águas, veio-lhe, de presente, uma garrafa de cachaça típica da região. À César o que é de César!

4 comentários:

Lenny disse...

Gostei do blog
bastante interessante.
e convidando para conhecer Meu
novo blog com dicas de filme
www.mondovideo.blogger.com.br
comenta lá!
;)

Jonga Olivieri disse...

Tão grande a semelhança de Tuna com alguém, que se não fossem os dez dedos eu diria que era ele. Pelo menos no cartum do Ângelo.

Stela B. de Almeida disse...

Sobre Abaíra, não tenho comentários por agora.
Mas lí há pouco tempo "De Paixões e de Vampiros" e fiquei impressionada com os Espinheiras! Onde foram buscar tanta inspiração?

Jonga Olivieri disse...

Vejo os resultados da enquete aí ao lado. Não sei se definitivos, mas, pelo menso quase delineados.
Nosso Fellini (23 votos) disparado na frente. Merece a posição o grande realizador de 81/2 e tantas outras obras-primas.
Antonioni (12) e Visconti (07) em segundo e terceiro são também merecedores desta posição pelo conjunto de suas obras.
Mas o fato é que são todos notáveis, como bem refere, e, mesmo Dino Risi (até agora sem nenhum voto) nos proporcionou um brilhante e inesquecível "Il sorpaso".